Dicas para uma boa convivência com seu Vizinho!

Dicas para uma boa convivência com seu Vizinho!
março 19, 2020

Dicas para uma boa convivência com seu Vizinho!

 

Ninguém escolhe vizinho, não é mesmo? Essa afirmação é ainda mais verdadeira quando falamos em condomínio, que as pessoas escolhem por sua localização, infraestrutura e segurança. Assim, é preciso saber evitar brigas no condomínio. Os conflitos entre vizinhos são muito mais frequentes quando as pessoas precisam compartilhar espaços e regras. Afinal, cada família possui seus hábitos. Entretanto, essas preferências podem conflitar com as de outro morador, e é preciso saber lidar quando essas situações ocorrerem – e acredite, elas acontecem com muita frequência!Você já deve imaginar qual é o tema dessas discussões, certo? Garagem, animais de estimação, utilização da piscina ou espaços de lazer e barulho.

Por isso, separamos algumas dicas para você lembrar e resolver desentendimentos sem dor de cabeça. Não espere o condomínio estar um caos para agir.

1 – Converse com seus vizinhos

Se os dois lados adotarem essa medida, o texto poderia acabar aqui. Afinal, nada melhor do que um bom diálogo para resolver desentendimentos.

É possível chegar a um acordo com os vizinhos sobre quase qualquer assunto. Procure entender o que está causando a situação, o motivo da pessoa e busque um meio termo.

Uma solução que agrada os dois lados é o caminho para manter seus hábitos sem que isso atrapalhe a rotina da outra pessoa.

2 – Tenha bom senso

Essa dica poderia estar junto com a primeira, mas algumas pessoas esquecem disso. Por isso, separamos um item somente para ela.

O bom senso se aplica a diversas coisas. Uma ação pode estar de acordo com o regimento interno, mas se isso prejudica outro morador, por que não buscar outra solução?

Essa dica se aplica a qualquer assunto, seja barulho ou utilização dos espaços compartilhados, por exemplo.

Às vezes, é melhor gastar alguns minutinhos a mais e deixar a convivência mais agradável para todos. E também vale a pena abrir mão de alguma coisa para melhorar o ambiente.

3 – Procure soluções em conjunto com o síndico

Não espere a situação virar um problema para chamar o síndico. Para evitar brigas no condomínio, chame o síndico para a conversa.

Ele pode ajudar os dois moradores a encontrar uma solução que agrade a todos. Afinal, ele conhece melhor o ambiente de todo o condomínio, e pode propor ideias que você talvez nem imaginasse.

Por isso, não veja o síndico como último recurso – ele é um grande aliado.

4 – Se necessário, proponha mudanças no regulamento interno

Essa situação é menos comum, mas acontece. Algumas regras do condomínio podem causar mais dor de cabeça do que praticidade.

Além disso, existem casos em que certas normas foram inseridas por causa de uma situação que não acontece mais.

Por outro lado, a falta de uma regra clara sobre alguma prática também gera problemas. Por isso, se você identificar um caso desses, proponha para o síndico uma mudança.

Seguindo essas dicas, evitar briga no condomínio fica muito mais fácil. Assim, não é preciso aplicar várias multas e a convivência fica muito mais agradável.

Fonte: https://bit.ly/30OHuQo

 

 

 

 

Posted in Notícias by informesindicoon